quarta-feira, 27 de julho de 2011

27 DE JULHO - DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO

Acidente de trabalho - Visão legal e visão prevencionista
Considera-se também como sendo acidente de trabalho: Doenças decorrentes do trabalho / Doença ocupacional

É o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade do trabalho. É a produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade.

Doença do trabalho:

É a adquirida ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho é
realizado e com ele se relacione diretamente.


Principais causas dos acidentes e doenças do trabalho:

Inúmeros fatores contribuem para a ocorrência de acidentes e doenças nos locais de trabalho. Geralmente, adotam-se concepções simples e erradas para aquilo que causou os acidentes ou doenças, buscando-se, desta forma, o consolo para os infortúnios através
da alegação de que foi coisa do destino, má sorte, obra do acaso, castigo de Deus.Na verdade, todos os acidentes podem ser evitados
se providências forem adotadas com antecedência e de maneira compromissada e responsável.

 


Organização e conteúdo do trabalho

Condições de trabalho adequadas contribuem para a segurança e a saúde dos trabalhadores, e para melhorar a produção e a competitividade da empresa.


  • aumentar o grau de liberdade para a realização da tarefa, reduzindo a fragmentação e a repetição;
  • permitir maior controle do trabalhador sobre o seu trabalho;
  • levar em conta que a capacidade produtiva de uma pessoa pode variar, e que essa capacidade é diferente entre um indivíduo e outro;
  • estabelecer pausas, quando e onde cabíveis, durante a jornada de trabalho para relaxar, distensionar e permitir a livre movimentação, sem aumento do ritmo ou da carga de trabalho;
  • enriquecer o conteúdo do trabalho, nas tarefas e locais de atividade, para que a criatividade e a realização profissionais sejam objetivos comuns das empresas e dos trabalhadores;
  • o mobiliário dos locais de trabalho deve permitir posturas confortáveis, ser adequado às características físicas do trabalhador e à natureza das tarefas, e permitir liberdade de movimentos;
  • ferramentas e instrumentos de trabalho devem ser adequados à tarefa e ao seu operador.


Ações preventivas que podem ser seguidas pelos Professores durante sua rotina de trabalho. Fique atento a estas orientações !

  • Prestar atenção e não ignorar os sintomas de dor ou desconforto na coluna, ombros, cotovelo e punho. Assim que eles surgirem é importante descobrir a causa.
  • Ficar muito tempo em pé provoca dores nas pernas e pés, então reveze a postura em pé com a postura sentada e não fique apoiado sempre na mesma perna.
  • Procure não permanecer períodos prolongados com o braço elevado, principalmente em posição superior a 90 graus, quando for escrever no quadro. Para diminuir o risco do surgimento de dores e desconfortos é preciso reorganizar a dinâmica das atividades de sala de aula.
  • Controle o tempo de trabalho no microcomputador para preparação das aulas, faça intervalos para descansar; sempre tenha um ambiente de trabalho adequado (cadeira, mesa, altura do monitor, posição do teclado e mouse).
  • Cuidado com a quantidade de materiais que carrega durante o dia, procure deixar parte dele em seu armário ou distribuí-lo para transportá-lo.
  • O diagnóstico precoce e as ações preventivas são fundamentais para o sucesso no tratamento e eliminação das causas do problema, fique atento.
  • Hoje muitos profissionais, fisioterapeutas, médicos e especialistas em ergonomia podem buscar soluções para minimizar ou eliminar a causa do problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget